Interview entrevista Alice Englert

A criatividade  é quem manda na família de Alice Englert, uma australiana de 17 anos, cujo pai, Colin Englert, é produtor e diretor, e sua mãe, Jane Campion, é a cineasta ganhadora do Palme d’Or por trás de The Piano (1993) e Bright Star (2009). Apesar disso, Englert não soube imediatamente o que queria fazer dentro do negócio da família, se aventurou na música, escrita, e teatro, de acordo com que ela dividia a sua infância indo de sua cidade natal, Sydney, e diversos lugares do mundo onde sua mãe trabalhou, incluindo a Nova Zelândia, onde Campion nasceu e foi criada. ‘Gastei metade da minha vida em aviões,’ disse Englert. ‘Tenho muito amor pela Nova Zelândia, apesar. É onde o lado realmente artístico da minha família reside, em hobbitland‘.  Mas desde que largou a escola ano passado para se focar, pelo menos profissionalmente, na atuação [ela ainda escreve e sempre carrega um violão consigo pra onde vai], Englert pegou papéis seguros em filmes de alto nível: no épico do século 18 de Roland Joffe, Singularity; Lena Duchannes em uma história gótica sulista Beautiful Creatures; e Sally Potter na história da Guerra Fria em Bomb, no qual ela interpreta uma das duas principais ao lado de Elle Fanning. […]

Fonte

Anúncios

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s